miércoles, 13 de julio de 2011

CARTA DE CHAPECÓ PARA LA IMPLEMENTACIÓN DE PROYECTO FERROSUL


Um investimento estruturante do desenvolvimento no Sul

Reunidas novamente na bela e pujante cidade de Chapecó, Estado de Santa Catarina, que nos recebeu na memorável reunião realizada na ACIC – Associação Comercial de Chapecó –, em 29 de fevereiro de 2008, as populações das regiões beneficiadas pelo Projeto FERROSUL, neste encerramento do I Seminário de Chapecó da FERROSUL decidimos:

1) Reafirmar nossa disposição de lutar pela rápida e completa implementação do Projeto FERROSUL, o qual – conforme estabelecido nas dezenas de Cartas firmadas em encontros regionais, audiências públicas, fóruns, seminários nos quatro estados do Sul e de países vizinhos, normas do CODESUL (Conselho de Desenvolvimento do Extremo Sul) e projetos aprovados pelos parlamentos estaduais e federal – consiste na implantação de uma ampla rede logística de base ferroviária e vocação intermodal nos Estados do Paraná, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, a ser planejada, construída e operada sob controle público através de uma empresa múlti-federativa denominada Ferrovia da Integração do Sul S/A - FERROSUL, ora em constituição com base na Estrada de Ferro Paraná Oeste S/A – FERROESTE.

2) Constituir um Comitê Interestadual de Estudos sobre a FERROSUL, com a participação das Frentes Parlamentares, da sociedade civil e de especialistas, com a finalidade de propor e coordenar as ações necessárias à implementação do Projeto FERROSUL.

a. Encomendar ao Comitê a elaboração de estudos sobre os benefícios econômicos e sociais da implementação do Projeto FERROSUL para toda a Região Sul, Centro-Oeste e Cone-Sul da América do Sul, recomendando que esses estudos sirvam de base de informações e guia prático para a articulação e organização política da população a ser direta e indiretamente beneficiada, bem como para o restante do País, tendo em vista as virtuosas consequências para todo o Brasil de um investimento que consideramos estruturante de outros investimentos econômicos e do próprio desenvolvimento regional e integração nacional e sul-americana.

b. Recomendar que as conclusões desses estudos, assim como de outros que já existem sobre o tema, sejam levados prioritariamente aos parlamentares municipais, estaduais, federais e sul-americanos, aos dirigentes empresariais e trabalhistas, a outros setores da sociedade civil, assim como aos órgãos do Executivo encarregados do setor de logística e transportes nas três esferas de Governo no Brasil, Paraguai, Argentina, Uruguai, Bolívia e Venezuela, MERCOSUL e UNASUL – União de Nações Sul-Americanas.

3) Convocar as populações beneficiadas a instituir Fóruns Municipais, Regionais e Setoriais de fortalecimento do Projeto FERROSUL.

4) Solicitar às autoridades municipais, estaduais e federais reconhecimento e apoio às atividades do Comitê Interestadual e de seus Fóruns Municipais, Regionais e Setoriais.

5) Reconhecer o relevante do papel da imprensa no apoio ao Projeto FERROSUL, especialmente da imprensa regional e das redes sociais, blogs e sites, bem como solicitar que, para além do importante acompanhamento jornalístico permanente das atividades do Comitê Interestadual e dos Fóruns Municipais, Regionais e Setoriais, possamos ter o engajamento explícito dos profissionais da imprensa, suas empresas e instituições na luta pela completa e rápida implementação do Projeto.

Consideramos que o investimento no Projeto FERROSUL será compensado, a curtíssimo prazo, tendo em vista a melhora da produtividade do sistema de transportes brasileiro e, e com ele, da economia nacional e sul-americana.

A integral e rápida implementação do Projeto FERROSUL é absolutamente prioritária para nossos Estados e de interesse estratégico para o Brasil e América do Sul, tendo em vista não só seu impacto na produtividade agrícola e industrial, pela melhoria da logística e redução do frete, no Sul e no Centro-Oeste brasileiro, com impacto positivo nos países irmãos do Paraguai, Uruguai, Argentina e Bolívia, mas pelo que representa de avanço civilizatório no processo econômico, social e político no Território por ele abrangido, com respeito ao Homem e à Natureza. (Nota enviada por nuestro corresponsal en Brasil, Ing. Paulo Ferraz)

A FERROSUL é um sonho, uma necessidade imediata e um Direito.